R$80.00

As raizes do comportamento agressivo começam na infância e estão alicerçadas na relação de afeto com as figuras materna e paterna. Por definição, dentro de um parâmetro psicológico, a pessoa agressiva é aquela que reage a todo acontecimento, como se fosse uma prova, contenda ou disputa na sua leitura mental. A agressividade remonta a dificuldade de se lidar com o sentido mais profundo da vida. A posse e o apego, por exemplo, são forças direcionadas para um prazer metafísico de acúmulo ou continuidade do ego. A agressividade se alia constantemente com outros sentimentos negativos, o principal deles é a inveja, devido à possibilidade da descarga da frustração e raiva. A inveja cria uma constante necessidade de fuga da situação dolorosa de se comparar e se sentir inferiorizado, partindo-se para o ataque. Indicado especialmente para indivíduos portadores de mau humor, agressividade, pessoas que se irritam facilmente. Este áudio reúne elementos isocrônicos e mensagens subliminares suficientes para reverter o condicionamento agressivo drasticamente.

O que é Reprogramação Mental?

É a capacidade humana de dominar a própria mente trocando informações neurais anticrescimento por informações prósperas e evolutivas.
A nossa mente é um arsenal de memórias e experiências. O tempo todo estamos trocando informações com o mundo interior e exterior, e a nossa mente registra isso.

Como a Reprogramação Mental funciona?

Para reprogramar a nossa mente é preciso reprogramar os comandos neurais que emitimos, que são os caminhos que a nossa mente processa a informação do meio.
Nosso cérebro tem milhares de neurônios e dependendo de qual informação os neurônios estão habituados a receber, temos determinado comportamento.

Os nossos movimentos cotidianos como, por exemplo, pegar uma xícara de chá, abrir uma porta, caminhar, são comandos que se iniciaram em nossos neurônios. Então, assim como você aprendeu tudo isso, é totalmente possível inserir uma nova informação neural para obter um novo resultado.

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “AGRESSIVIDADE”

O seu endereço de e-mail não será publicado.